Farmacêutica

Farmacovigilância na Roche

Antes de chegar ao público, todo medicamento é testado em um grupo restrito de pacientes, com características semelhantes e em ambiente controlado. Nessa etapa, são definidos o nível de eficácia, o perfil de segurança e a dosagem ideal do medicamento.

No entanto, após iniciar a sua comercialização, o medicamento passa a ser utilizado por um grupo muito maior de pessoas, que vivenciam situações diversas. Para refletir a rotina enfrentada pelos pacientes, as informações anteriormente disponíveis precisam ser constantemente avaliadas e atualizadas. Este é o papel desempenhado pela Farmacovigilância.

A Farmacovigilância é a ciência responsável pela análise de suspeitas de reações adversas e de quaisquer problemas relacionados ao uso do medicamento, visando a segurança do paciente. Ela é conduzida principalmente por meio de relatos espontâneos feitos por pacientes que fizeram uso de medicamentos da Roche e experenciaram eventos adversos.

Como enviar um relato para a Farmacovigilância?

Você pode notificar à Roche sempre que tomar conhecimento de uma suspeita de reação adversa ou de situações ocorridas durante ou após o uso do medicamento, como gravidez, falta de eficácia e reações que possam ser provenientes do uso concomitante de outro medicamento.

É importante que seu relato contenha:

  • Nome completo ou iniciais do paciente envolvido
  • Nome do relator (caso não seja o próprio paciente)
  • Medicamento envolvido (preferencialmente a marca comercial)
  • Número de lote do medicamento envolvido
  • Relato completo do evento adverso ocorrido, com o máximo de detalhes possível

 

Contato

0800-7720-289

brasil.farmacovigilancia@roche.com

Contato

brasil.farmacovigilancia@roche.com

0800-7720-289