Imprensa

Congresso discutiu o uso de tecnologias aplicadas ao reconhecimento da diversidade escolar e a desmistificação da inclusão

Evento apresentará projeto piloto que demonstrou resultados positivos no desenvolvimento cognitivo e inclusão dos alunos com déficit de aprendizagem

O Google Space São Paulo recebeu, no último dia 30 de maio, um importante congresso sobre Tecnologias Aplicadas à Educação, que destacou o Projeto CDRA (Classificação Digital para Reenquadramento de Aprendizagem) - plataforma dirigida a professores de escolas de Ensino Fundamental e Médio, para ajudar a reconhecer os diferentes níveis de aprendizagem e, assim, proporcionar a evolução pedagógica dos alunos.

O evento busca investidores para fomentar o desenvolvimento do protocolo e da plataforma digital. O projeto conta atualmente com o apoio da Roche Farma Brasil, do Padre Marcelo Rossi, da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo e da Deputada Mara Gabrilli, autora da Lei Brasileira da Inclusão.

Segundo Rosana Mendes Ribeiro, neuroeducadora e idealizadora do CDRA, as crianças que não respondem às exigências de aprendizagem sob os métodos de ensino tradicionais são vistas como um desafio para muitos educadores. Jovens com distúrbios funcionais ou deficiências intelectuais, por exemplo, muitas vezes são encaminhados aos serviços médicos e psicológicos, visando um “diagnóstico” e uma possível “solução”. “Da forma que é feito hoje, muitas crianças deixam de aproveitar seu potencial. É preciso lidar com a diversidade e, mais do que isso, devolver a autoestima e confiança a esses estudantes. Já é comprovado que a neuroeducação, combinação entre neurociência e educação, pode contribuir nesse sentido e ela foi a base para o desenvolvimento do método aplicado no Projeto de Classificação para Reenquadramento de Aprendizagem”.

O projeto piloto, com a aplicação prática em escolas, já demonstrou resultados positivos no desenvolvimento cognitivo dos alunos, no fluxo de aprendizagem e melhora de indicadores públicos de desempenho escolar, confirmados pelos índices do Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (SARESP).  

A versão digital, CDRA (Classificação Digital para Reenquadramento de Aprendizagem), permitirá que o método ganhe escala e possa ser replicado em todo País. Ele engloba a capacitação do profissional da educação por meio de vídeo-aulas (EAD) e fornece sugestões para adaptação de provas e atividades diárias, que atendam à diversidade, sem interferir no conteúdo pedagógico. Desta forma, o professor terá a formação prática para planejar e acompanhar a evolução pedagógica de seus alunos diariamente e, ainda, evitará encaminhamentos desnecessários para a área da saúde.

“A Roche tem um trabalho consistente na comunidade do Jaguaré desde 2001. Foi lá que conhecemos a iniciativa CDRA. Ficamos admirados com a proposta e vimos a sinergia completa com o nosso objetivo de fomentar projetos sustentáveis para uma sociedade verdadeiramente mais justa,”  afirma Sarah Chaia, diretora da Divisão Jurídica, Compliance, Healthcare Compliance e Responsabilidade Social e sponsor do Comitê de Sustentabilidade da Roche Farma Brasil.

Sobre o Núcleo Aprende

O Núcleo Aprende foi fundado em 2009, com profissionais da equipe da Fonoaudióloga e Neuroeducadora Rosana Mendes Ribeiro, o mesmo promove avaliações interdisciplinares (fonoaudiológica, oftalmológica, neurológica, psiquiátrica, neuropsicológica, neuropsicológica e psicopedagógica) com o objetivo de diagnosticar precocemente alterações que podem afetar todo o curso de uma vida. A tutoria escolar é um conceito inovador no que diz respeito ao acompanhamento dos quadros e foi apresentado pelo núcleo. Após a avaliação interdisciplinar precisa, na qual vários profissionais focam um único diagnóstico, mapeando o funcionamento cerebral de cada caso, um programa baseado no material didático do colégio do estudante é realizado, respeitando o ritmo de aprendizagem de cada um e realizando um trabalho em conjunto com o aluno, a família e o colégio. O Núcleo Aprende ampliou, ao longo de anos de experiência, a oferta de serviços, oferecendo aulas particulares de reforço escolar e atendimento especializado em caráter particular (neuropsicóloga). Em 2014, elaborou o CRA (Protocolo de Reenquadramento de Aprendizagem), validando-o em escolas estaduais de São Paulo.

Sobre a Roche

A Roche é uma empresa global, pioneira em produtos farmacêuticos e de diagnóstico, dedicada a desenvolver avanços da ciência que melhorem a vida das pessoas. Combinando as forças das divisões Farmacêutica e Diagnóstica, a Roche se tornou líder em medicina personalizada - estratégia que visa encontrar o tratamento certo para cada paciente, da melhor forma possível. É considerada a maior empresa de biotecnologia do mundo, com medicamentos verdadeiramente diferenciados nas áreas de oncologia, imunologia, infectologia, oftalmologia e doenças do sistema nervoso central. É também líder mundial em diagnóstico in vitro e tecidual do câncer, além de ocupar posição de destaque no gerenciamento do diabetes. Fundada em 1896, a Roche busca constantemente meios mais eficazes para prevenir, diagnosticar e tratar doenças, contribuindo de modo sustentável para a sociedade. A empresa também visa melhorar o acesso dos pacientes às inovações médicas trabalhando em parceria com todos os públicos envolvidos. Vinte e nove medicamentos desenvolvidos pela Roche fazem parte da Lista de Medicamentos Essenciais da Organização Mundial da Saúde, entre eles, antibióticos que podem salvar vidas, antimaláricos e terapias contra o câncer. Pelo oitavo ano consecutivo, a Roche foi reconhecida como a empresa mais sustentável do grupo Indústria Farmacêutica, Biotecnologia e Ciências da Vida pelos Índices Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI). Com sede em Basileia, na Suíça, o Grupo Roche atua em mais de 100 países e, em 2016, empregou mais de 94.000 pessoas em todo o mundo. No mesmo ano, a Roche investiu 9,9 bilhões de francos suíços em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) e suas vendas alcançaram 50,6 bilhões de francos suíços. A Genentech, nos Estados Unidos, é um membro integral do Grupo Roche. A Roche é acionista majoritária da Chugai Pharmaceutical, no Japão. Para mais informações, visite www.roche.com.br.