Imprensa

Roche apresenta novos dados de sua imunoterapia em tipo avançado

Após 20 anos sem progresso significativo de tratamento em tumores de pequenas células em estágio extensivo, o estudo IMpower133 mostrou melhora das sobrevidas global e livre de progressão da doençal e da sobrevida livre de progressão dos pacientes com a doença.

A Roche anunciou nesta semana que os desfechos positivos do estudo IMpower133, de fase III, que demonstrou que o uso da combinação de Tecentriq® (atezolizumabe) e quimioterapia (carboplatina e etoposídeo) ajudou os pacientes com câncer de pulmão de pequenas células em estágio extensivo (ES-SCLC) a viverem significativamente mais do que apenas com quimioterapia. A combinação também reduziu o risco de piora da doença ou morte (SLP) comparada à quimioterapia isoladamente. O tratamento foi administrado em pacientes com ES-SCLC nunca tratados com quimioterapia. Os dados finais serão apresentados em um próximo congresso médico.

“Estes são os primeiros resultados de sobrevida positivos na fase III de qualquer combinação à base de imunoterapia no tratamento inicial do câncer de pulmão de pequenas células em estágio extensivo, que é um tipo de doença particularmente difícil de ser tratada,” afirma Sandra Horning, diretora médica e de desenvolvimento global de produtos da Roche. “Os resultados somam-se às evidências cada vez maiores de que as combinações à base de atezolizumabe podem ser um tratamento efetivo para diferentes tipos de câncer de pulmão avançado”.

O estudo IMpower133, de fase III, avalia a eficácia e a segurança atezolizumabe combinado com carboplatina e etoposídeo versus quimioterapia (carboplatina mais etoposídeo) isoladamente, em pacientes com ES-SCLC nunca tratados com quimioterapia.

Este é o quarto estudo de fase III de câncer de pulmão positivo que avalia uma combinação à base de atezolizumabe a ter seus resultados divulgados este ano, e o quinto estudo positivo no total. Atualmente, a Roche tem em andamento oito estudos de fase III em câncer de pulmão que avaliam Tecentriq® sozinho ou combinado a outros medicamentos em vários tipos de câncer de pulmão.

Sobre a Roche

A Roche é uma empresa global, pioneira em produtos farmacêuticos e de diagnóstico, dedicada a desenvolver avanços da ciência que melhorem a vida das pessoas. Combinando as forças das divisões Farmacêutica e Diagnóstica, a Roche se tornou líder em medicina personalizada - estratégia que visa encontrar o tratamento certo para cada paciente, da melhor forma possível. É considerada a maior empresa de biotecnologia do mundo, com medicamentos verdadeiramente diferenciados nas áreas de oncologia, imunologia, infectologia, oftalmologia e doenças do sistema nervoso central. É também líder mundial em diagnóstico in vitro e tecidual do câncer, além de ocupar posição de destaque no gerenciamento do diabetes. Fundada em 1896, a Roche busca constantemente meios mais eficazes para prevenir, diagnosticar e tratar doenças, contribuindo de modo sustentável para a sociedade. A empresa também visa melhorar o acesso dos pacientes às inovações médicas trabalhando em parceria com todos os públicos envolvidos. Vinte e oito medicamentos desenvolvidos pela Roche fazem parte da Lista de Medicamentos Essenciais da Organização Mundial da Saúde, entre eles, antibióticos que podem salvar vidas, antimaláricos e terapias contra o câncer. Pelo oitavo ano consecutivo, a Roche foi reconhecida como a empresa mais sustentável do grupo Indústria Farmacêutica, Biotecnologia e Ciências da Vida pelos Índices Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI). Com sede em Basileia, na Suíça, o Grupo Roche atua em mais de 100 países e, em 2016, empregou mais de 94 mil pessoas em todo o mundo. No mesmo ano, a Roche investiu 9,9 bilhões de francos suíços em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) e suas vendas alcançaram 50,6 bilhões de francos suíços. A Genentech, nos Estados Unidos, é um membro integral do Grupo Roche. A Roche é acionista majoritária da Chugai Pharmaceutical, no Japão. Para mais informações, visite www.roche.com.br.