Por dentro da Roche

Roche e 100 Open Startups abrem inscrições para desafio que busca soluções na área de oncologia

                            

A iniciativa “Transformando a Jornada Oncológica” procura startups com projetos em diversas categorias

Com o objetivo de antecipar e desenvolver soluções cada vez mais completas, a Roche, líder global em biotecnologia e patrocinadora do Movimento 100 Open Startups, plataforma internacional que conecta startups a grandes empresas, anuncia o desafio “Transformando a Jornada Oncológica”, para startups e grupos de pesquisa e desenvolvimento que tenham abordagens inovadoras em projetos na área da saúde.

A startup vencedora será anunciada em Novembro de 2017 e receberá da Roche os seguintes incentivos:

  • Subsídio de serviços corporativos: serviços de consultoria (construção de modelo de negócio, estratégia de crescimento ou estruturação interna)
  • Subsídio de insumos para materiais de bancada ou escritório ou patrocínio para participar de um evento ou congresso internacional de referência.

“O 100 Open Startups é uma oportunidade de incentivar projetos inovadores que estejam alinhados ao nosso papel de transformar conhecimento científico em benefícios para a sociedade, com descobertas e iniciativas que respondam às necessidades médicas, especialmente em áreas ainda não atendidas; e ao nosso compromisso de buscar alternativas junto aos setores público e privado para que essas inovações sejam inseridas na cadeia de saúde, à disposição de quem precisa delas”, comenta Rolf Hoenger, presidente da Roche Farma Brasil.

As inscrições acontecem até o dia 31 de julho e devem ser feitas pelo site www.openstartups.net/Roche.

Para concorrerem, os projetos precisam se enquadrar nas seguintes categorias:

Descobertas Oncológicas - startups e grupos de P&D que tenham terapias de primeira classe, bem como novas plataformas tecnológicas com o potencial de transformar descobertas e gerar medicamentos inovadores, além do padrão de atendimento:

  • Imunoterapia de câncer: terapias contra novos alvos que promovam a imunidade contra o câncer, por meio de modulação da função de células efetoras do sistema imune e do microambiente tumoral;
  • Terapias moleculares direcionadas: parcerias que proporcionem acesso a plataformas, tecnologias e dados de saúde;
  • Tecnologias inovadoras: parcerias para aumentar a capacidade de P&D e complementar o portfólio da empresa, em particular relacionadas às modalidades: moléculas pequenas, anticorpos, terapias direcionadas, terapias baseadas em oligonucleotídeos e entrega de fármacos.

Oncologia Digital iniciativas para aumentar a eficiência da prestação de cuidados de saúde, trazendo soluções digitais que ampliem a produtividade dos hospitais e capacite pacientes com câncer para um melhor gerenciamento de cuidados pós-hospitalares:

  • Softwares de gestão hospitalar e excelência operacional;
  • Plataformas de gerenciamento de cuidados integrados centradas no paciente;
  • Ferramentas de relatório de desempenho hospitalar para transparência ao paciente;
  • Dispositivos médicos domésticos e tecnologias para cuidados remotos;
  • Smart wearables para monitoramento de saúde;

Oncologia Acessível - soluções para resolver a distribuição desigual de recursos e serviços de câncer e melhorar a qualificação e distribuição de profissionais de saúde e equipamentos em todo o País.

  • Conectar mais pacientes ao sistema de saúde / serviços de tratamento de câncer;
  • Melhorar a varredura, detecção e diagnóstico do câncer;
  • Melhorar a qualificação e distribuição de profissionais e equipamentos de saúde.

Dados da Organização Mundial da Saúde mostram que o número de novos casos de câncer deverá crescer exponencialmente nas próximas duas décadas ao redor do mundo. A sobrecarga de mortalidade por câncer na América Latina é maior do que na Europa ou nos EUA e aumentará para mais de um milhão de mortes por ano até 2030. “Temos um desafio enorme com o câncer e esta é a oportunidade para startups da área de saúde se conectarem a nós, a fim de desenvolvermos, em parceria, projetos inovadores no combate à doença”, finaliza Hoenger.