Por dentro da Roche

Entenda como funcionam os medicamentos biológicos

Medicamentos biológicos estão presentes no tratamento de diversas doenças crônicas e auxiliam na melhoria da qualidade de vida dos pacientes.

Apesar de parecer que os medicamentos biológicos começaram a ser utilizados há pouco tempo, eles auxiliam no tratamento de doenças há algumas décadas, desde os anos 1980. O primeiro biofármaco foi a insulina humana produzida por meio da cultura de bactérias. Logo depois veio o hormônio do crescimento. Existem, assim, diferentes complexidades de medicamentos biológicos, chegando até os anticorpos monoclonais - chamados de medicamentos inteligentes, por atuarem em uma característica específica de determinada doença.

O que são medicamentos biológicos?

Os medicamentos biológicos são produzidos a partir de organismos vivos, como células e bactérias. Em muitos casos, eles têm imunogenicidade, ou seja, a capacidade de aumentar a resposta imune do corpo. Os biofármacos são, normalmente, administrados por via endovenosa ou subcutânea, pois, de outra forma, seriam destruídos pelo sistema digestivo.

Medicamentos biológicos marcaram avanço no tratamento de doenças

Com o surgimento dos medicamentos biológicos, o tratamento de vários problemas de saúde teve um avanço significativo, especialmente das doenças crônicas, como o câncer. Eles proporcionaram uma melhoria na qualidade de vida de milhões de pessoas com diversos tipos de condições, tais como:

Psoríase - doença crônica que afeta 100 milhões de pessoas no mundo. A psoríase causa a aparição de lesões avermelhadas e descamações na pele, podendo tomar o corpo todo. Apesar de não existir uma cura, os biofármacos podem ajudar a aliviar os sintomas e melhorar significativamente a qualidade de vida dos pacientes.

Artrite reumatoide - é uma enfermidade crônica caracterizada pela inflamação das articulações, que pode ser desenvolvida já aos 20 anos de idade. Em casos mais severos, a artrite reumatoide pode causar deformações nas articulações E comprometer seriamente a mobilidade dos pacientes e a realização de tarefas simples.

Asma - causa a inflamações e inchaços nas vias aéreas dificultando a respiração. Estima-se que 235 milhões de pessoas sofram de asma, sendo a doença mais comum entre crianças.

Esclerose múltipla - afeta a cobertura das células nervosas do cérebro e da coluna vertebral, o que pode levar à perda da coordenação motora. Neste caso, medicamentos biológicos que estimulam o sistema imune são utilizados no tratamento.

 

Conteúdo relacionado no site da Roche

 

Referência