Por dentro da Roche

O Farmacêutico é peça fundamental na orientação de armazenamento, transporte e descarte de medicamentos

Essencial na promoção, proteção e recuperação da saúde, as atribuições clínicas do farmacêutico têm como um dos objetivos proporcionar cuidado ao paciente, família e comunidade. Entre outros pontos, o profissional é responsável por promover o uso racional de medicamentos. Assim como orientar sobre a forma correta de armazená-los, transportá-los e descartá-los. Afinal, tudo isso é muito importante para a segurança e a eficácia dos tratamentos.

 

Qual é a forma correta para o armazenamento de medicamentos?

O armazenamento de medicamentos deve ser feito de maneira a garantir que eles permaneçam seguros e efetivos até a data de validade, pois a exposição ao calor ou umidade pode alterar as estruturas físicas-químicas deles. Além de ser o responsável pela conservação dos medicamentos nas farmácias, o farmacêutico também desempenha uma função importante ao orientar o consumidor sobre a melhor maneira de fazer isso em casa.

A maioria dos medicamentos podem ser guardados nas seguintes condições:

✓     Local fresco e seco;

✓     Sem contato com luz direta;

✓     Dentro das embalagens originais;

✓     Fora do alcance de crianças e animais.

Em casa, é muito importante armazená-los fora do alcance de crianças e evitar alguns cômodos, como banheiro e cozinha, por conta da umidade e alteração de temperaturas.

 

Para o transporte de medicamentos é preciso ter algum cuidado?

O farmacêutico também pode orientar sobre a melhor maneira de fazer o transporte de medicamento, por exemplo, entre a casa e o trabalho ou mesmo em uma viagem.

Para o transporte a melhor opção é mantê-lo dentro da embalagem original ou em bolsa térmica, se a refrigeração for necessária, e não deixá-lo em locais muito quente, como dentro do carro. Nunca tome medicamentos que mudaram de cor, textura ou cheiro. Em caso de viagem, é importante também, levar a receita médica, principalmente se você for para o exterior, pois é possível que ela seja solicitada pelas autoridades alfandegárias.

 

Como deve ser feito o descarte de medicamentos?

O período e as dosagens de medicamentos prescritos pelo médico devem ser seguidos rigorosamente. Por isso, se o problema de saúde já foi tratado, o que sobrar de medicamento deve ser descartado. Além disso, os medicamentos vencidos também devem ser jogados fora. A atuação do farmacêutico é fundamental para que o descarte de medicamentos seja feito de forma adequada para não prejudicar o meio ambiente e a saúde das pessoas.

 

Nunca faça o descarte de medicamentos diretamente no lixo comum ou no vaso sanitário. Isso porque as substâncias dos medicamentos podem contaminar o solo, os lençóis freáticos, lagos, rios e represas, e atingir a flora, a fauna e as pessoas.

 

Existem locais específicos que recebem os medicamentos e os descartam de maneira apropriada. A Roche, em parceria com a eCycle, oferece uma ferramenta de busca[1]  que localiza o posto de coleta mais próximo à quem possa interessar. Assim como muitas farmácias, Unidades Básicas de Saúde (UBS) e supermercados também fazem a coleta adequada desses medicamentos, frascos e materiais cortantes e pontiagudos.

 

Conteúdos relacionados no site da Roche

✓     Como descartar medicamentos

✓     Medicamentos Roche

✓     Farmacovigilância na Roche

 

Referências

✓     http://www.cff.org.br/userfiles/file/resolucoes/585.pdf - acessado em 18/01/2018;

✓     http://www.fda.gov/Drugs/ResourcesForYou/SpecialFeatures/ucm481139.htm - acessado em 18/01/2018;

✓     http://www.ufrgs.br/boletimcimrs/descarteboletim.pdf - acessado em 18/01/2018;

✓     http://www.farmacia.ufmg.br/onde-guardar-medicamentos/ - acessado em 18/01/2018;

✓     https://travel.gc.ca/travelling/health-safety/medication - acessado em 18/01/2018;

✓     https://www.iamat.org/blog/what-you-need-to-know-about-travelling-with-medications/ - acessado em 18/01/2018.