Entenda como funciona a resposta de anticorpos durante a infecção por Covid-19

 

Um diagnóstico confiável é ferramenta fundamental para apoiar a triagem prioritária de grupos que exercem atividades essenciais no Brasil e fortalecer as estratégias do governo para a melhor gestão da doença

 

Artigos recentes comprovam que o teste sorológico mais sensível e precoce é o de anticorpos totais, diferentemente do que em outras doenças infecciosas.

 

Fundamental para as estratégias de retorno de atividades, a triagem epidemiológica por SARS-CoV-2 visa identificar corretamente os pacientes expostos ao vírus para melhor entender a prevalência, epidemiologia e dinâmica da doença. Neste contexto, entender como funciona a resposta dos anticorpos durante a infecção e escolher testes com alto valor preditivo positivo é essencial para apoiar uma melhor gestão da doença no país.

 

Artigos científicos publicados recentemente no JAMA (Journal of the American Medical Association) e Nature Medicine, reforçam que ao contrário do que costuma acontecer em outras doenças infecciosas, a produção de IgG pode preceder a produção de IgM ou elas podem ocorrer simultaneamente, por isso, o teste sorológico mais sensível e precoce é o  que dosa anticorpos totais maduros e potencialmente neutralizantes. Para acessar os artigos clique aqui e aqui .

 

No gráfico abaixo é possível observar como se comportam os anticorpos durante o período de infecção:

 

 

Adaptado de Sethuraman N, Jeremiah SS, Ryo A. Interpreting Diagnostic Tests for SARS-CoV-2. JAMA. Published online. May 06, 2020. doi:10.1001/jama.2020.825

 

“Para muitas outras doenças infecciosas, a detecção separada de IgG e IgM pode dizer se a infecção é aguda, contínua ou resolvida, porém, no caso da SARS-CoV-2, em que existem casos inclusive de pacientes onde a IgM nem sequer é detectada,  o marcador sorológico mais sensível e mais precoce são os anticorpos totais maduros, cujos níveis começam a aumentar a partir da segunda semana do início dos sintomas”, diz Gabriel Laurentis, Gerente de Produtos da Roche Diagnóstica Brasil.

 

Sobre o Elecsys® Anti-SARS-CoV-2, teste de anticorpos totais maduros da Roche

 

Reforçando seu compromisso com a segurança dos pacientes, a Roche acredita que um diagnóstico confiável é ferramenta fundamental para apoiar a triagem prioritária de grupos que exercem atividades essenciais no Brasil e fortalecer as estratégias do governo para a melhor gestão da doença.

 

Parte de seu robusto portfólio de imunoensaios, o Elecsys® Anti-SARS-CoV-2 é realizado em amostras de sangue (soro ou plasma), em sistemas totalmente automatizados da família cobas e que apresentam os resultados em aproximadamente 18 minutos, com capacidade para processar até 300 testes por hora, dependendo do equipamento.

 

O teste possui 100% de sensibilidade comprovada¹ na detecção de anticorpos totais maduros (IgM e IgG) contra a Covid-19 e uma especificidade maior que 99,8%¹, evitando falsos-positivos com outros tipos de coronavírus e outros vírus de gripe comum.

 

Para saber mais sobre o teste de anticorpos da Roche clique aqui ou entre em contato com um representante Roche.

 

Todos os reagentes e instrumentos comercializados no Brasil estão devidamente registrados, para obter a relação dos números de registro ligue para 0800 77 20 295.

 

Referência:

Instruções de Uso Elecsys® Anti-SARS-CoV-2, v. 1.0.