Understanding heart failure

Linfoma:
conhecendo os fatos

Linfoma é um termo abrangente usado para designar mais de 90 tipos de câncer relacionados, que começam nas células do sistema imunológico.1 Existem duas categorias gerais de linfoma: linfoma de Hodgkin e linfoma não Hodgkin (LNH). Na maioria, os casos diagnosticados de linfoma são do tipo LNH. É importante distinguir entre os subtipos de LNH para administrar o tratamento apropriado. Clique nos flashcards abaixo para saber mais sobre o LNH e suas formas mais comuns.

Qual a forma mais comum de câncer no sangue?

O câncer no sangue é a quarta causa mais comum de morte por câncer em todo o mundo. O linfoma é uma das formas mais prevalentes.2

O que é linfoma não Hodgkin (LNH)?

LNH é um tipo de câncer no sangue que começa nas células brancas do sangue chamadas linfócitos, que são componentes importantes do sistema imunológico.3

Quais são os subtipos mais comuns de LNH?

Os dois subtipos mais comuns de LNH são o linfoma difuso de grandes células B, uma forma agressiva (de rápido crescimento), e o linfoma folicular, uma forma indolente (de crescimento lento).4,5

Por que é importante identificar o subtipo de LNH no momento do diagnóstico?

Os subtipos podem ter diferentes comportamentos, o que significa que eles podem exigir diferentes tratamentos.6

Qual é a média de idade na qual o linfoma folicular é diagnosticado?

A idade média no momento do diagnóstico de linfoma folicular é de 60 anos.7

Em que percentual de pacientes o linfoma folicular é diagnosticado em estágio avançado?

Os sintomas de linfoma folicular costumam se manifestar gradualmente e, portanto, podem passar despercebidos pelos pacientes; o resultado é que 80% dos pacientes são diagnosticados com a doença já avançada.8

Por que alguns pacientes com linfoma folicular não são tratados imediatamente após o diagnóstico?

Se a doença estiver em estágio inicial, os pacientes poderão não ser tratados até que os sintomas apareçam ou se modifiquem, mas a doença continuará sendo monitorizada. Isso é chamado “conduta expectante”.9

Existe cura para o linfoma folicular?

O linfoma folicular é geralmente considerado incurável; no entanto, com um tratamento que controle a doença, os pacientes costumam sobreviver por muitos anos após o diagnóstico.10

Qual é a principal meta do tratamento da pessoa com linfoma folicular?

A cada recidiva do linfoma folicular, a doença se torna mais difícil de ser tratada e as opções terapêuticas ficam mais limitadas. A meta do tratamento é prolongar o tempo até a doença voltar, preservando, enquanto isso, a qualidade de vida da pessoa.11

References