Imuno-oncologia

Há mais de meio século, a Roche desenvolve pesquisas e medicamentos para trazer novas soluções e aprimorar o tratamento contra o câncer. Atualmente, a empresa investe fortemente na área de imunoterapia do câncer em pesquisas para desenvolver uma nova geração de medicamentos  que utilizam o próprio sistema imunológico do paciente para reconhecer e combater a doença, ao mesmo tempo em que freia sua evolução.

  • Mais de 50 anos de pesquisas e medicamentos em oncologia;
  • Mais de 20 moléculas em desenvolvimento na área de imunoterapia do câncer;
  • 10 destas moléculas em fase de ensaios clínicos.

Descobertas da imuno-oncologia 

A imunoterapia marca um novo campo de pesquisa na luta contra o câncer. A expectativa é que ela se torne quarto pilar de opções possíveis de tratamento, que hoje conta com cirurgia, quimioterapia/terapias-alvo e radiação.

As pesquisas já demonstram que a imunoterapia não precisa ser utilizada sozinha.  A Roche conduz hoje diversos estudos com novos medicamentos desta classe em combinação com diferentes opções de tratamento, incluindo terapias-alvo, quimioterapia, radioterapia e até outras moléculas imunoterápicas.

Linhas de pesquisa da Roche para imunoterapia:

  • Câncer de pulmão
  • Câncer de bexiga
  • Câncer de mama
  • Câncer renal
  • Sarcoma
  • Câncer colorretal
  • Linfoma
  • Melanoma
  • Câncer de próstata
  • Câncer nas células plasmáticas (mieloma múltiplo)

Saiba mais sobre a imuno-oncologia

Carne vermelha e cancer

Consumo prolongado de carne vermelha aumenta a predisposição para o desenvolvimento de câncer, indicam pesquisas

Obesidade aumenta risco de câncer?

Indivíduos obesos ou acima do peso têm maior probabilidade de desenvolver mais de uma dúzia de tipos de câncer

Nas crianças, embora raros, os tumores se desenvolvem rapidamente. A boa notícia é que a taxa de cura entre a população infantil deu um salto nos últimos anos

Todos nós temos células cancerosas em nossos corpos. Mas só alguns de nós vamos desenvolver algum tipo de câncer

Diferentes tipos de tumores podem afetar os pulmões. Estadiamento ajuda avaliar a sua extensão e definir seu tratamento.

Deixar de fumar sempre traz benefícios à saúde. Para o paciente de câncer, contribui para evitar a volta da doença e o surgimento de novos tumores

Somente 10% dos casos de câncer têm alguma relação com a herança genética transmitida de pais para filhos, dizem especialistas

Tumores benignos crescem devagar e de forma limitada; já os tumores malignos, em geral, crescem rápido e tendem a ser invasivos

Vacinas estão entre as modalidades da imunoterapia no combate ao câncer

Imunoterápicos são usados no país para tratar tumores desde a década de 1990

Imunoterápicos podem reduzir e estabilizar até mesmo tumores de difícil tratamento

Mais utilizada hoje em estágios avançados do câncer, a imunoterapia já começa a ser empregada também de forma preventiva, ou na fase inicial do tratamento

 

Referências

http://www.cancer.org/treatment/treatmentsandsideeffects/treatmenttypes/immunotherapy/immunotherapy-what-is-immunotherapy, acessado em 05/12/2016http://www.cancer.org/research/acsresearchupdates/more/immunotherapy-disrupting-the-cancer-treatment-world, acessado em 05/12/2016 http://annonc.oxfordjournals.org/content/23/suppl_8/viii41.full, acessado em 05/12/2016