Rompendo o equilíbrio

Todos nós temos células cancerosas em nossos corpos. Mas só alguns de nós vamos desenvolver algum tipo de câncer

O câncer é a divisão ou crescimento desordenado de células que invadem órgãos e tecidos e podem se espalhar pelo corpo. Existem mais de 100 diferentes tipos de câncer, associados à variedade de células que compõem o organismo humano 1.

Todos nós temos em nossos corpos células cancerosas ou genes que podem dar origem a um câncer. Mas isso não quer dizer que estamos doentes e que precisamos de tratamento. A doença só irá se  desenvolver se  esses genes não desempenharem corretamente as suas funções.  Isso acontece quando temos uma versão não eficiente desses genes, ou, ainda, genes que sofreram algum tipo de mutação 1.

Dois diferentes grupos de genes estão envolvidos no processo de multiplicação das células, sejam elas normais ou com câncer. O grupo responsável por dar início à multiplicação não é mesmo encarregado de interromper esse processo. Em geral, nosso organismo garante um balanço na atividade desses dois grupos. Mas, quando há um desequilíbrio, o câncer pode surgir 2.

Especialistas comparam o desenvolvimento do câncer a um acidente de carro. Em geral, nosso organismo consegue regular de forma bem eficiente a velocidade da divisão das células. Mas, às vezes, o câncer consegue “cortar o freio” desse carro, fazendo com que as células se dividam rápido demais. Quando isso acontece, a doença  se desenvolve 1.

 

Referências

1 Megacurioso. Por que algumas pessoas desenvolvem o câncer e outras não? Disponível em http://www.megacurioso.com.br/medicina-e-psicologia/43319-por-que-e-que-algumas-pessoas-desenvolvem-o-cancer-e-outras-nao.htm

2 Instituto Vencer o Câncer. Mutações – Genes e Oncogenes. Disponível em https://www.vencerocancer.org.br/cancer/o-que-e/mutacoes/?catsel=cancer