Media Release

São Paulo, 02.02.2017

Roche anuncia resultados globais positivos em 2016

  • Vendas do Grupo Roche aumentaram 4% no mundo, a taxas de câmbio constantes
  • Vendas da divisão Farmacêutica subiram 3%, impulsionadas, sobretudo, pelos medicamentos do portfólio de oncologia, como Perjeta® e Herceptin® (contra o câncer de mama) e lançamentos inovadores
  • Vendas da Divisão Diagnóstica cresceram 7%, impulsionadas principalmente por soluções das linhas de imunologia 

 

R$ 108 MM investidos para modernizar fábrica no RJ

São Paulo, 02 de fevereiro de 2017 – A Roche anuncia os resultados financeiros de 2016 com aumento nas vendas do Grupo em 4%, atingindo 50,6 bilhões de francos suíços. Os resultados correspondem a lançamentos bem-sucedidos de quatro novos medicamentos inovadores da companhia e pela alta demanda por produtos de diagnóstico das linhas de imunologia.

A divisão Farmacêutica no Brasil alcançou crescimento de 1,6% e faturamento de R$ 2,6 bilhões, acima do esperado, sendo 25% de vendas no mercado público de saúde e 75% no sistema privado.

 

“Estes resultados confirmam que estamos no caminho certo para ampliar o acesso da população brasileira a tratamentos inovadores. Tivemos um ano importante em que lançamos quatro medicamentos do nosso pipeline de inovação - para o tratamento de melanoma metastático,  linfoma, fibrose pulmonar idiopática e câncer de pele basocelular - e a entrega da primeira fase da modernização da nossa fábrica no Rio de Janeiro, onde foram investidos R$ 108 milhões em infraestrutura e tecnologia”, diz Rolf Hoenger, presidente da Roche Farma Brasil. “Ainda em 2016, mantivemos o nosso compromisso com a pesquisa clínica no país aportando R$ 121 milhões e inauguramos uma nova unidade de negócios no Brasil, com a oferta do serviço de análise genômica em oncologia pela Foudantion Medicine. E, em 2017, manteremos nossos investimentos e compromisso com o País”, afirma Rolf Hoenger, presidente da Roche Farma Brasil.

 

A divisão Diagnóstica cresceu 17%, alcançando o faturamento de R$ 607 milhões no Brasil. Com seu serviço de consultoria laboratorial, a Roche trabalhou ao lado de seus clientes - laboratórios e hospitais - para reduzir custos e otimizar processos para análises clínicas com foco em promover uma gestão da saúde mais sustentável.

 

“Nosso time dedica seus esforços para ampliar o acesso a exames de alto valor médico, como o teste de biomarcadores para pré-eclâmpsia, o teste PCR do vírus HPV para o rastreio de câncer de colo do útero e a biópsia líquida para o monitoramento de pacientes com câncer de pulmão, por exemplo", destaca Christian Paetzke, presidente da Roche Diagnóstica no Brasil. A empresa de diagnóstico in vitro também vem investindo fortemente em trazer soluções inovadores na área de Point of Care, exames no lugar onde o paciente está, com foco em doenças cardiovasculares e diabetes.

 

Resultados do grupo: bom desempenho nas duas divisões

O CEO global da Roche, Severin Schwan, reforça que o Grupo atingiu todas as metas financeiras e, além disso, o portfólio de produtos obteve progresso significativo. “Trouxemos quatro medicamentos novos ao mercado em menos de um ano, incluindo nossa primeira imunoterapia em câncer, Tecentriq®. Na Divisão Diagnóstica, lançamos o equipamento de imunodiagnóstico, cobas e 801, que representa um importante avanço para tornar o laboratório conectado, uma realidade. Neste ano, aguardamos ansiosamente por uma série importante de resultados de estudos clínicos, refletindo nosso pipeline de produtos amplo e inovador”, destaca.

No mundo, as vendas na Divisão Farmacêutica aumentaram 3%, atingindo 39,1 bilhões de francos suíços, impulsionadas pelo crescimento de produtos como Perjeta®, Herceptin® e Actemra®, para cânceres de mama e artrite reumatoide, respectivamente. Nos EUA, as vendas da Divisão Farmacêutica avançaram 3%, lideradas pelos medicamentos respiratórios Xolair® e Esbriet®, e com participação dos recém-lançados Tecentriq® e Alecensa® também contribuíram para o crescimento.

As vendas da Divisão Diagnóstica aumentaram em 7%, atingindo 11,5 bilhões de francos suíços – acima do crescimento do mercado. A área de Point of Care foi a principal contribuinte do resultado, com destaque para as linhas de imunologia. 

 

Número elevado de lançamentos na Divisão Farmacêutica

A Roche lançou recentemente quatro medicamentos: Cotellic® (melanoma avançado), Alecensa® (câncer de pulmão), Venclexta® (leucemia linfocítica crônica; comercializado em conjunto com AbbVie) e Tecentriq® (cânceres de bexiga e pulmonar). Além disso, em 2016, cinco designações prioritárias para avaliação de terapia inovadora foram concedidas pela FDA, agência regulatória americana, a medicamentos da Roche. O medicamento de imunoterapia anticâncer, Tecentriq®, lançado em maio nos EUA, é o primeiro tratamento, em 30 anos, aprovado pela FDA para pessoas com um tipo específico de câncer de bexiga. Ainda em outubro, a FDA liberou o Tecentriq® para o uso em casos de câncer de pulmão de não pequenas células (CPNPC) metastático.

 

Ampliação adicional do portfólio da Divisão Diagnóstica

Durante 2016, a Roche adicionou nove equipamentos e testes importantes ao seu abrangente portfólio, melhorando ainda mais a tomada de decisões na área da saúde e apoiando os esforços dos laboratórios para aumentar a eficiência. Entre os novos equipamentos, destaca-se o módulo de imunoensaio cobas e 801, o sistema CoaguChek INRange para monitoramento da terapia com antagonista da vitamina K e o Accu‑Chek Guide, um sistema de monitoramento de glicemia de nova geração.

A FDA dos EUA aprovou dois testes diagnósticos: o Ventana PD-L1 (SP142), que determina o status de PD-L1 de pacientes com câncer de bexiga e de pulmão; e o cobas EGFR Mutation test v2, combinado para o medicamento contra câncer de pulmão, Tarceva. A FDA também concedeu liberação pré-comercialização e isenção das CLIA (Emendas de Melhorias em Laboratórios Clínicos) para o cobas Liat Influenza A/B & RSV test. Este é o primeiro exame de point-of-care que estende os testes moleculares no sistema Liat, além de influenza A/B e Streptococcus A para incluir o vírus sincicial respiratório (VSR).

 

Perspectiva para 2017

Em 2017, a Roche espera que as vendas cresçam globalmente em um dígito, a taxa de câmbio constante. O ganho por ação deverá aumentar em consonância com as vendas. No Brasil, a expectativa da Roche Farma é crescer ao redor de 8% neste ano. 

 

Sobre a Roche

A Roche é uma empresa global, pioneira em produtos farmacêuticos e de diagnóstico, dedicada a desenvolver avanços da ciência que melhorem a vida das pessoas. Combinando as forças das divisões Farmacêutica e Diagnóstica, a Roche se tornou líder em medicina personalizada - estratégia que visa encontrar o tratamento certo para cada paciente, da melhor forma possível.

É considerada a maior empresa mundial de biotecnologia, com medicamentos verdadeiramente diferenciados nas áreas de oncologia, imunologia, infectologia, oftalmologia e doenças do sistema nervoso central. É também líder mundial em diagnóstico in vitro e tecidual do câncer, além de ocupar posição de destaque no gerenciamento do diabetes. Fundada em 1896, a Roche busca constantemente meios mais eficazes para prevenir, diagnosticar e tratar doenças, contribuindo de modo sustentável para a sociedade. A empresa também visa melhorar o acesso dos pacientes às inovações médicas trabalhando em parceria com todos os públicos envolvidos. Vinte e nove medicamentos desenvolvidos pela Roche fazem parte da Lista de Medicamentos Essenciais da Organização Mundial da Saúde, entre eles, antibióticos que podem salvar vidas, antimaláricos e terapias contra o câncer. Pelo oitavo ano consecutivo, a Roche foi reconhecida como a empresa mais sustentável do grupo Indústria Farmacêutica, Biotecnologia e Ciências da Vida pelos Índices Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI).

Com sede em Basileia, na Suíça, o Grupo Roche atua em mais de 100 países e, em 2016, empregou mais de 94.000 pessoas em todo o mundo. No mesmo ano, a Roche investiu 9,9 bilhões de francos suíços em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) e suas vendas alcançaram 50,6 bilhões de francos suíços. A Genentech, nos Estados Unidos, é um membro integral do Grupo Roche. A Roche é acionista majoritária da Chugai Pharmaceutical, no Japão. Para mais informações, visite www.roche.com.br.