Dia das Mães: cuidando de quem cuida

 

O Dia das Mães é comemorado uma vez por ano, mas o carinho e afeto pela pessoa que mais amamos devem ser demonstrados diariamente.  Não é novidade para ninguém que as mães têm um papel fundamental na vida de seus filhos, principalmente durante a pandemia. Mesmo em casa, as mães precisam se desdobrar para conseguir o tempo necessário com os pequenos. Mas e o cuidado que temos com as nossas mães? 

 

Pensando nisso, neste Dia das Mães, a Roche usou o mote #CuidandoDeQuemCuida para demonstrar o carinho que temos com nossas mães. A ideia é incentivar os colaboradores a reconhecerem e prestigiarem suas mães, compartilhando fotos de momentos de cuidado. Além disso, realizaremos um evento que abordará diversas estratégias para que as mães sintam-se acolhidas, percebam a chegada de um filho como potência em suas vidas, além de dicas de como elas podem ter dias mais leves e felizes com as crianças. 


Mães na Hemofilia 

 

O papel da mãe se torna ainda mais essencial quando seus filhos descobrem que têm alguma condição específica de saúde. Elas tiram forças de lugares inimagináveis para poderem se dedicar à nova rotina de cuidados e tratamentos, que mudarão a vida de ambos para sempre.   A presença da mãe é a certeza de que, contaremos com uma pessoa forte ao nosso lado, mesmo os piores dias serão facilmente enfrentados. 

 

Levando em consideração esse papel essencial no dia a dia de uma pessoa com hemofilia, convidamos 3 mães para compartilharem um pouco da sua história de luta e superação. O vídeo é narrado pelo personagem Lucas, uma criança que sonha em ser astronauta e apresenta as experiências dessas mães, os obstáculos e mudanças enfrentadas, e é claro, conta sobre os sonhos que os pequenos têm. Como o próprio Lucas diz, quando nasce uma pessoa com hemofilia, nasce uma mãe extraordinária.

 

“O nosso objetivo é realmente mostrar para a sociedade que com acompanhamento e o tratamento adequado a pessoa com hemofilia pode ter uma vida normal, com qualidade, liberdade e repleta de sonhos. As mães têm um papel essencial neste caso. Quando recebem o diagnóstico de hemofilia, a maioria abdica de muitos sonhos pelos filhos, largam carreiras, se mudam de cidade para ficarem mais próximas do hemocentro, se desdobram para poder dar ao filho a melhor vida possível. A gente sempre fala que essas mães são super heroínas.” afirma Jamile Dalri, gerente de Experiência do Paciente na Roche.

 


Clique aqui e saiba mais sobre o Lucas

Mães e o câncer de mama



Ainda falando sobre a relação entre mães e saúde, a Roche fará em parceria com o Hospital Pérola Byington uma live no dia 13/05, com o tema “Câncer de mama e gestação: o que precisamos saber a respeito?”. A live contará com a participação de mastologistas do hospital e duas pacientes. A conversa abordará um tema extremamente importante na vida das mães e mulheres, o câncer de mama. Falaremos sobre a doença e a gestação e ainda métodos para garantir uma possível gestação após um tratamento para câncer de mama. A transmissão acontecerá no Facebook da Roche. Confirme sua presença e participe: https://www.facebook.com/events/325126695788562/

vem falar de vida