Testes de glicemia e educação para o autoxame das mamas serão oferecidos gratuitamente entre os dias 13 e 17 de dezembro na zona sul da cidade

 

Na semana do dia 13 deste mês, os paulistanos terão acesso a uma carreta de saúde que oferecerá serviços para prevenção de doenças que afetam a vida de milhões de brasileiros, como o diabetes e o câncer de mama. As ações acontecerão nas dependências da Torre Sigma, localizada na Marginal Pinheiros, na zona sul de São Paulo, e são fruto de uma parceria entre a SAS Brasil, uma startup social e instituição de saúde do terceiro setor, e da Roche Brasil.

 

No local, profissionais de saúde realizarão exames que ajudam a detectar o diabetes. No Brasil, a doença afeta 15,7 milhões de adultos, segundo a Federação Internacional de Diabetes. Em todo o mundo, a incidência da doença aumentou em cerca de 16%, desde 2019¹, problema que piorou com a pandemia da Covid-19. Para incentivar a população a prevenir ou detectar a doença, serão ofertados testes de glicemia - conhecidos popularmente como testes de ponta de dedo, após uma breve triagem. Os exames medem os níveis de glicose e fornecem pistas para o diagnóstico de diabetes, que em muitos casos começa com sintomas silenciosos.

 

Após a triagem inicial de pessoas com taxa de glicemia alta, um outro teste poderá ser realizado para medir os níveis de açúcar presentes no organismo dos pacientes, conforme indicação. O exame que mede o chamado índice glicêmico traz informações para que os profissionais orientem sobre os cuidados adequados da doença, indicando os próximos passos para evitar ou tratar o diabetes.

 

Além disso, residentes voluntários do hospital Pérola Byington ensinarão os participantes a realizarem adequadamente o autoxame dos seios, método que pode ajudar na detecção do câncer de mama. Os residentes usarão modelos de silicone do projeto Mama Amiga que simulam sinais e sintomas da doença, como caroços e texturas diferentes, para indicar a forma correta de se realizar o autoexame apalpando as mamas e reforçar a importância da realização de exames de rotina como a mamografia para detecção precoce da doença, aumentando as chances de sobrevida. Na saída, quem passar pela carreta recebe uma cartilha informativa com conteúdo sobre câncer de mama, criada pelo Movimento Vem Falar de Vida, idealizado pela Roche.

 

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou, no início de 2021, que o câncer de mama se tornou a forma mais comum da doença no mundo, ultrapassando o câncer de pulmão. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), 60 mil novos casos ocorrem entre as mulheres brasileiras todos os anos. Diante disso, são essenciais iniciativas como o Vem Falar de Vida, movimento com mais de 100 signatários, que juntos promovem conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce e o gerenciamento adequado do câncer de mama, ampliando assim, as chances de cura e controle da doença, fortalecendo a mensagem de que o câncer de mama não precisa ser uma sentença.

 

“Sabemos do alto impacto que as doenças crônicas não transmissíveis provocam na sociedade. Assim, como organização comprometida com a melhoria da saúde e visando contribuir para o atingimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, em especial o ODS 3 que estabelece metas para a promoção da saúde e do bem-estar, promover ações de prevenção colabora diretamente para a sustentabilidade do sistema de saúde e também para a manutenção de uma população mais saudável.", afirma Adriana Lima, Gerente Jurídica, de Responsabilidade Social e Sustentabilidade da Roche Farma. “A detecção precoce, não só dessas, mas de diversas doenças, pode salvar vidas”, completa.

 

No ano em que completa 125 anos no mundo - e 90 no Brasil - a Roche se orgulha de promover uma ação que oferece serviços de suas três divisões - Diabetes Care, Diagnóstica e Farmacêutica. O mutirão amplia a parceria com a SAS Brasil, que tem promovido, desde 2013, ações que levam saúde, sustentabilidade e entretenimento, impactando mais de 55 mil pessoas em regiões com baixo IDH em todo o território brasileiro.

 

A carreta, que funcionará das 9h às 17h, faz parte das ações de aniversário da companhia e celebra a chegada da Roche na Torre Sigma, um prédio tecnológico com selo de construção sustentável que reforça o compromisso da companhia com o meio ambiente. O endereço passa a ser a nova sede da empresa e onde as três divisões trabalharão de forma conjunta e colaborativa. As ações marcam o retorno gradual dos colaboradores aos escritórios, planejado para o início de 2022 e, como forma de homenagem, contará com histórias reais de alguns funcionários e uma linha do tempo com os principais marcos da história da companhia no Brasil e no mundo.

 

Serviço

  • Local: Torre Sigma - Av. Nações Unidas, nº 17007 - Várzea de Baixo. O prédio está localizado ao lado da estação João Dias, da Linha 9-Esmeralda da CPTM.
  • Como chegar: A carreta estará estacionada na área de shuttle, atrás da entrada principal da Torre Sigma, no circuito que leva ao estacionamento subsolo do prédio. O local é paralelo à rua Acari. 
  • Dias: 13 a 17 de dezembro 
  • Horário: Das 9h às 17h



  1. Federação Internacional de Diabetes. “O diabetes agora afeta um em cada 10 adultos em todo o mundo” - Novembro de 2021. https://idf.org/news/240:diabetes-now-affects-one-in-10-adults-worldwide.html