Na semana em que ultrapassamos a marca de 500 mil vidas perdidas para a COVID-19, a Roche convidou seus colaboradores e familiares para uma roda de conversa com o infectologista Dr. Alberto Chebabo, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia. “Cuidar da saúde de todos é uma prioridade para nós dentro e fora da nossa organização, por isso, temos dedicado nossos esforços para criar este ambiente de educação e conscientização com relação à COVID-19”, conta Henrique Vailati, líder de People & Culture da Roche Diagnóstica Brasil, que abriu a roda de conversa com colaboradores das três empresas do grupo - Farma, Diagnóstica e Diabetes Care.

 

Comprometida em oferecer testes de diagnóstico de alta qualidade para COVID-19 e tratamento para apoiar a sociedade no combate à pandemia, a Roche vem acompanhando diligentemente os avanços da pandemia para tomadas de decisões efetivas para a melhor gestão da saúde de seus colaboradores. “Com a proximidade do inverno, época de maior índice de gripe e influenza, e também das férias escolares, vimos a necessidade de reunir os gerentes médicos, nossa médica ocupacional e um especialista externo para esclarecer algumas dúvidas frequentes que recebemos e reforçar a importância de ainda não flexibilizarmos as medidas de segurança, mesmo diante do avanço da vacinação”, completa Vailati.

 

Segundo o Dr. Alberto Chebabo, apesar da antecipação do calendário vacinal, apenas 11,92% dos brasileiros estão totalmente imunizados com as duas doses, o que nos coloca em um cenário desafiador. “Conseguimos proteger as faixas mais velhas, diminuindo a taxa de internação de idosos de 20% para 5%. Agora precisamos ampliar a imunização para o resto da população, diminuindo assim a circulação do vírus e suas variantes. A vacinação é uma estratégia coletiva de proteção e cada dia de atraso representa um dia a mais de exposição”, explica o especialista.

 

Esta não é a primeira vez que a companhia promove uma ação educativa aos colaboradores e familiares. Desde março de 2020, a Roche vem promovendo ações para garantir a saúde e segurança de suas pessoas, tanto as que atuam remotamente como as que estão em campo, dando suporte a laboratórios e hospitais em todo o Brasil. Entre as iniciativas realizadas desde o início da pandemia estão: envio de kits de máscaras e luvas para o colaborador e dependentes, acompanhamento de biossegurança aos colaboradores em campo, informações e orientações periódicas, testagem sorológica gratuita para funcionários e familiares, cafés digitais de engajamento, prática de Mindfulness, rodas de conversa com psicólogo além de atendimento individual quando necessário.