Comprometida em levar soluções em saúde a mais pacientes, mais rápido, a Roche anuncia o patrocínio do projeto de telemedicina Tummi Coronavírus

 

Promover o acesso à saúde passou a ser um desafio ainda mais complexo devido aos impactos gerados pela pandemia da COVID-19. Neste cenário, a telemedicina, que há anos vem se consolidando como uma importante tecnologia para a saúde, conquistou ainda mais relevância. Trata-se de um meio eficaz para minimizar a sobrecarga dos sistemas de saúde e também de uma oportunidade para ampliar o acesso à população.

 

Comprometida em apoiar o desenvolvimento do ecossistema de saúde brasileiro, a Roche ambiciona um futuro em que nenhum paciente seja deixado para trás e defende que parcerias estratégicas são essenciais para alcançar este resultado. Por isso, em junho, oficializou o patrocínio de um projeto social de alto impacto, que atua por meio de uma plataforma de telemedicina. O Tummi Coronavírus é uma iniciativa cujo objetivo é oferecer atendimento médico e psicológico gratuito e virtual entre médicos voluntários e pacientes com sintomas de COVID-19, em todo território nacional.   

 

Segundo Laura Detomini, Gerente de Inovação, e Renato Marques, Gerente de Marketing Digital e Multicanal, a Roche trabalhou com foco nas necessidades dos seus clientes e pacientes visando identificar um projeto que permitisse aos médicos acelerar a triagem de casos suspeitos de COVID-19, beneficiando os cuidados com os pacientes neste período. "Trabalhamos para que o futuro seja focado no paciente e orientado por soluções personalizadas que entreguem valor e proporcionem uma maior qualidade de vida. Iniciativas de colaboração são fundamentais para auxiliar no combate ao novo coronavírus. Mais do que nunca, devemos permanecer unidos para chegar em um denominador comum que gere valor para a sociedade", explicam os líderes da ação.

 

Projeto visa atrair médicos

O Tummi Coronavírus tem realizado uma média de 50 consultas diárias. A Roche está colocando esforços na iniciativa para aumentar a base de profissionais cadastrados e, dessa forma, ampliar a quantidade de atendimentos. 

 

Para fazer parte do projeto, esses profissionais devem se inscrever na plataforma preenchendo um questionário. Com o cadastro aprovado, receberão informações de uso da ferramenta e boas práticas para a teleconsulta. As especialidades médicas mais necessitadas são pneumologistas, infectologistas e cardiologistas. O profissional não precisa se comprometer com uma carga fixa ou com horários pré-definidos. A ideia é que cada um possa oferecer o tempo que tiver disponível, ficando online na plataforma a qualquer hora do dia. 

 

“Nesse momento delicado que vivemos, a colaboração e a inovação são fundamentais para enfrentarmos juntos essa pandemia. Acreditamos no potencial de impacto do Tummi Coronavírus e de seus voluntários na vida de milhares de pacientes, já que oferecemos às pessoas com sintomas suspeitos de COVID-19 a possibilidade de receberem um atendimento médico ou psicológico sem saírem de suas casas – evitando, assim, eventual propagação do vírus”, afirma Dra. Alessandra Morelle, médica oncologista e fundadora do Tummi.

 

Você pode apoiar esta iniciativa compartilhando-a com profissionais da saúde e com sua rede de contatos. A transformação de desafios complexos em novos caminhos tem potencial para conduzir a sociedade a um futuro em que mais pacientes tenham acesso à saúde, cada vez mais rápido.  

 

Saiba mais sobre o Tummi Coronavírus