Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência

Data traz reflexão sobre a importância da inclusão social na sociedade e no meio corporativo.

 

Buscando conscientizar os brasileiros sobre a importância do desenvolvimento igualitário e inclusivo e dar voz às pessoas com deficiência, em 21 de setembro é comemorado o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. 

 

Essa data foi escolhida por ser próxima ao início da Primavera (23 de setembro) e coincide com o Dia da Árvore, datas que representam o renascer e a diversidade das plantas, e que simbolizam o sentimento de renovação das reivindicações em prol da cidadania e participação plena na sociedade. Uma vida plena e cheia de realizações no âmbito pessoal e profissional sempre é possível quando reduzimos as barreiras. 

 

O apoio à luta igualitária e promoção de um ambiente cada vez mais inclusivo e diverso são temas fundamentais para o Grupo Roche, que desde 2016 incentiva frentes de trabalho que visam ampliar o debate sobre o tema e a atração de todos os perfis. “Para combater a discriminação é essencial o engajamento de todos e uma real estratégia que amplie a inclusão de PCDs no ambiente de trabalho e em todas as esferas sociais”, comenta Djalma Rocha, integrante da frente de PCDs da Roche. 

 

A inclusão na prática

 

Djalma Rocha é colaborador da área de Recursos Humanos da Roche Farma Brasil desde 2011. Com 47 anos e formado em Economia, ele nos conta a importância da inclusão no ambiente corporativo para o desenvolvimento, por exemplo, dos autistas. Confira o vídeo com o seu depoimento e conheça sua história de superação e incentivo à causa. 

 

No vídeo, Djalma conta que tem síndrome de asperger, estado do espectro autista, geralmente com maior adaptação funcional. Seus maiores desafios são socialização, coordenação motora e interesses obsessivos por alguns temas, como economia e medicina. Deixou claro que essa condição não o impede de aproveitar a vida, jogar bola, passear e viajar. Djalma está na Roche desde 2011 e faz parte de duas frentes de diversidade, OPEN (LGBTQIA+) e de PCDs, e mostra empolgação com os futuros projetos. Clique aqui para conferir a transcrição completa do vídeo!