A parceria entre Roche, Real Hospital Português e PreviNeo apoia a jornada do paciente em dois cenários: rastreio do câncer e suporte a pacientes sintomáticos.

Devido à pandemia de COVID-19, houve uma queda nos exames de rotina que levam ao diagnóstico do câncer. O cenário é preocupante, pois, segundo um estudo do INCA publicado em fevereiro, a estimativa é que o Brasil tenha 625 mil novos casos de câncer no ano de 2020.

 

Pensando nisso, a Roche formou uma parceria com o Real Hospital Português, localizado em Recife, e a startup PreviNEO, que trabalha para prevenir, diagnosticar e reduzir os riscos de incidência dos principais tipos de câncer do país. A ferramenta trabalha de forma especializada com o câncer de próstata, pulmão, mama, cólon e útero.

 

O papel da PreviNEO foi a elaboração de um questionário feito com base em algoritmos de inteligência artificial que identifica o risco de cada paciente desenvolver câncer, o que possibilita ao Real Hospital Português acompanhar de forma proativa os pacientes de alto risco.

 

As pessoas recebem esse questionário por meio de campanhas de conscientização, divulgação nas redes sociais e até mesmo por comunicação in loco.

 

A principal finalidade é garantir mais agilidade e eficiência à jornada do paciente, aumentando as chances de cura com diagnósticos precoces, reduzindo a mortalidade e minimizando os custos associados a essas doenças. Com essa ferramenta, é possível identificar e acompanhar os possíveis sintomas do câncer, direcionando o paciente de forma mais assertiva, evitando exames e consultas desnecessárias, ou até mesmo perda de tempo na evolução da doença.

 

Após preencher o formulário on-line, que leva em torno de 5 minutos, o paciente recebe uma análise detalhada no seu e-mail. Faça seu rastreio oncológico em pro.rhp.com.br.

 

Entenda melhor o projeto: Projeto RHP- Conexão PreviNEO