Equidade de gênero: muito além do Dia Internacional da Mulher

 

Por que falar sobre as mulheres e seus direitos apenas no Dia da Mulher? Este é um tema perene, que deve estar sempre em pauta. Na Roche abordamos o assunto durante todo o ano, é uma pauta levantada constantemente, principalmente internamente. Nosso objetivo é fazer a diferença na vida das mulheres. Em destaque, alguns dados sobre o cenário em que a mulher está inserida.

 

Hoje, para cada 100 homens em posições de liderança em todo o mundo, há apenas 37 mulheres, mostra artigo da McKinsey. Todavia, uma pesquisa da ONU Mulheres indica que o PIB poderia crescer 26% se mulheres ocupassem mais posições de liderança, em igualdade com os homens. Segundo o jornal El Pais, 68% das mulheres apontam o preconceito por parte de seus chefes como um impeditivo de assumir cargos de liderança. A Revista Você S/A indicou que 34% das mulheres sofreram algum tipo de assédio no trabalho.

 

O artigo da McKinsey aponta que durante a pandemia de COVID-19, as mulheres estão em empregos 1,8 vezes mais vulneráveis que os homens e realizam o triplo de trabalho não remunerado, ou seja, em casa. O mesmo artigo mostra que até em países desenvolvidos como os Estados Unidos, uma em cada três mulheres já sofreu violência de um parceiro íntimo em algum momento da sua vida e uma em cada cinco faltas no trabalho é motivada por agressões ocorridas em casa, de acordo com o Banco Mundial.

 

Na Roche, há um equilíbrio entre colaboradores homens e mulheres, sendo 47,6% homens e 52,4% mulheres. Apesar deste número positivo, sabemos que ainda enfrentamos desafios que precisam ser superados, o foco da companhia hoje é ampliar o número de mulheres em posições estratégicas, desenvolver e revisitar ações relacionadas à parentalidade e levar o tema para além dos muros da empresa, a fim de impactar sua cadeia de valor  e comunidades. A Journey, Opportunity and Inclusion Network, mais conhecida como JOIN, frente de trabalho em equidade de gênero da Roche, quer empoderar todas as mulheres que trabalham na empresa para realizarem suas aspirações em um ambiente de oportunidades iguais para todos, incentivá-las a ocuparem os espaços que elas querem e fazê-las sentirem-se mais seguras para atingirem suas ambições - além de influenciar o ecossistema externo nessa mesma direção.

 

A JOIN é guiada pelos Princípios de Empoderamento das Mulheres da ONU Mulheres e do Pacto Global, o tratamento igualitário entre homens e mulheres no ambiente corporativo; estabelecer liderança corporativa sensível à equidade de gênero, no mais alto nível; garantir saúde, segurança, e bem-estar das pessoas que trabalham na mesma companhia; promover educação, capacitação, e desenvolvimento profissional para todas as mulheres; promover a igualdade de gênero através de iniciativas voltadas à comunidade e ao ativismo social; medir, documentar e publicar os progressos da empresa na promoção da igualdade de gênero.

 

Em nome da JOIN, aproveito o Dia Internacional da Mulher para reforçar o nosso empenho na busca por uma sociedade mais equânime, na qual as mulheres tenham as mesmas oportunidades que os homens, ocupem as cadeiras que aspiram, desempenhem os papéis que desejam, estejam livres de todos os tipos de agressões, enfim, liderem seus próprios caminhos. É parte da responsabilidade social da Roche prover todos os recursos necessários para que elas cheguem lá, assim como agir em prol deste compromisso durante todos os dias do ano!”, afirma Adriana Lima, Gerente Jurídico, de Responsabilidade Social e Sustentabilidade e membro da frente JOIN.

 

Ao longo do mês de março, serão implementadas conversas sobre gênero nas reuniões das áreas, com o objetivo de impactar o maior número possível de pessoas, num momento acolhedor e de troca.  Além disso, serão também oferecidas rodas de conversa sobre masculinidade consciente para engajarmos os homens que exercem um papel importante nesta temática. Por fim, a companhia aderiu à campanha promovida pela Genentech, empresa do grupo Roche, em comemoração ao Dia Da Mulher, cujo tema é #ChooseToChallenge. 

Dri

Descrição: Adriana Lima, gerente jurídico de responsabilidade social e sustentabilidade e membro da frente JOIN

Tal iniciativa levanta a importância de se escolher um desafio, seja como escolhemos desafiar o status quo ou como escolhemos ser desafiadas como indivíduos. Os temas são: como ajudar umas as outras, transformar ansiedade em coragem e tornar a saúde igualitária. O primeiro desafio diz respeito ao uso de seus benefícios e talentos para garantir que todas as vozes sejam ouvidas. O segundo sobre aceitar e lidar com os desafios e o último envolve o lema “com ela hoje, com ela para sempre”, em que a Roche se compromete em melhorar a saúde de todas as mulheres.

 

A organização oficial do Dia Internacional das Mulheres lançou um desafio fotográfico para fomentar as discussões e eventos do dia 08/03. Serão compartilhadas imagens do mundo todo durante o evento. Participe usando a #ChooseToChallenge. Após tirar a foto com a mão levantada, compartilhe em suas redes sociais pessoais, chamando outras pessoas para o debate sobre o tema.

 

Juntas, mostramos solidariedade para denunciar preconceitos, questionar estereótipos e desafiar todas as formas de desigualdade de gênero. Mulheres à nossa volta merecem ter mais oportunidades e equidade de direitos. Esse assunto é de todos nós!