O GUide, fruto da parceria das duas farmacêuticas, otimizará a jornada de tratamento do paciente, do diagnóstico à escolha da conduta terapêutica

 

O carcinoma urotelial, tumor que atinge a bexiga, é um dos tipos de câncer mais comuns no trato geniturinário – estima-se que, por ano, 10 mil novos casos sejam diagnosticados. O tumor se origina inicialmente nas células uroteliais, que limitam o interior da bexiga, e é mais incidente entre homens.

Na maioria dos casos, o paciente é diagnosticado ainda na fase inicial e apresenta excelente prognóstico. Porém, quando o tumor evolui ou o diagnóstico ocorre já na fase metastática, o caso pode apresentar complicações.

Quando falamos em câncer, o diagnóstico e o perfil molecular do tumor quando conhecido precocemente são peças fundamentais para a eficácia do tratamento. Por isso, pensando em como oferecer melhores soluções aos pacientes, as farmacêuticas Roche e Janssen criaram um consórcio para ampliar o acesso ao diagnóstico mais preciso dos biomarcadores de carcinoma urotelial localmente avançado ou metastático.

Antes, cada farmacêutica tinha seu próprio programa de teste específico para o tumor, o que implicava na solicitação e realização dos dois testes e, consequentemente, maior tempo gasto na jornada do paciente. Agora, os especialistas poderão fazer as duas solicitações simultaneamente. A Roche e a Janssen entendem que o acesso a uma única solicitação para a informação de dois biomarcadores otimiza não só o processo científico e diagnóstico da doença, mas também oferece melhorias à rotina do médico.

Além disso, o GUide oferece ferramentas para contribuir na qualidade da decisão de um tratamento personalizado. O resultado dos testes facilita a jornada do paciente e permite uma tomada de decisão terapêutica precoce e mais assertiva.

A solicitação única dos exames pode ser feita pelos especialistas tanto pelo Programa Roche Testing, quanto pelo Programa de Suporte ao Diagnóstico Janssen. Após o recebimento dos laudos com os resultados, o corpo médico poderá planejar as intervenções terapêuticas aplicadas com maior segurança e efetividade.

Iniciativas colaborativas de propósito compartilhado, como essa, são essenciais para que possamos fortalecer o ecossistema de saúde, e estamos certos que a parceria entre a Roche e a Janssen beneficiará os pacientes brasileiros de carcinoma urotelial.